Biocibernética Bucal

O Que é Biocibernética Bucal?


Biocibemética Bucal, também denominada Odontologia Psicossomática ou Sistêmica, é uma nova visão da Odontologia tradicional praticada no mundo inteiro. Ela identifica as pessoas como um todo indivisível, uno. Não existe separação entre o físico, o psíquico, o espiritual e o energético. Assim, não existe separação entre os órgãos, sistemas, glândulas e tecidos diversos, o psíquico, o espiritual e o energético.

No universo corpo mente espírito energia, insere se a boca, constituída pelos maxilares, dentes, tecidos moles, língua, glândulas, músculos, nervos, vasos, etc. Neste pequeno universo denominado boca, sedimentam se todos os fatos marcantes ocorridos desde a fase intra uterina, adquiridos através do complexo sócio familiar-pedagógico religioso espiritual-comportamental do indivíduo.

Esta sedimentação, este registro (semelhante à gravação da caixa preta de uma aeronave), traduz-se na forma e dimensões que esta boca irá apresentar no decorrer da vida. Assim, a má posição dos dentes, as cáries, os problemas endodônticos, periodônticos, etc., a forma irregular dos contornos maxilares e, o que é mais importante e mais grave (decorrência destes fatores), a má postura da língua no contexto orofaríngeo, irão transformar este indivíduo num respirador naso bucal ou, o que é pior, num respirador bucal, acarretando uma série de distúrbios respiratórios ao longo de sua existência.

Na Biocibemética Bucal, a respiração é o carro chefe de uma saúde psicossomática equilibrada ou não. Como somos um todo indivisível, a respiração, sendo o carro chefe, desencadeia um nocivo efeito dominó que chamamos de disfunções em todos os órgãos, sistemas e tecidos do universo celular do indivíduo.
O homem pode resistir cerca de 30 dias ou mais sem alimentar se, e aproximadamente uns 15 dias sem ingerir líquidos. Mas, ao interrompermos sua respiração, ele não resiste mais do que 3 ou 4 minutos porque em nosso organismo não há reservas de oxigênio e nitrogênio, como temos reservas de alimentos sólidos (proteínas, carboidratos, lipídios, vitaminas, sais minerais, etc.) ou líquidos. A ausência da respiração gera um processo denominado anoxia respiratória, ocasionado pelo efeito dominó citado acima, em todo o nosso universo celular, culminando com um quadro de coma respiratório, geralmente mortal.

A Biocibernética Bucal descobriu que o reposturamento da boca interfere diretamente no estado funcional dos órgãos e sistemas do corpo humano, comportando-se como um órgão causa, interferindo diretamente no complexo físico psíquico-sócio-familiar-comportamental do indivíduo.

Dessa forma, corrigindo-se as alterações dos modos fisiológicos bucais, é possível libertar e proporcionar condições de cura ao indivíduo em inúmeros casos de doenças, tais como alergias diversas, falta de ar, bronquites, adenoides, ronco, apneia, convulsões, sinusites, cãibras, dificuldades na respiração nasal, alterações relativas aos aparelhos cardiovascular, urogenital, digestivo, esquelético, muscular, nervoso e ainda, alterações no humor, depressões, ansiedade, bruxismo (rangimento dos dentes), insônia, sono agitado, dificuldades da fala, e uma infinidade de outras mazelas.

Os quadros de Síndrome de Down e outras síndromes, embora não apresentem resposta total, conseguem recuperar em quase 100% o equilíbrio energético do paciente. Na terapia proposta pela Biocibernética Bucal, estes pacientes passam a apresentar condições para se integrar na vida como indivíduos ditos normais.
Por força de leis biológicas imutáveis, alterando-se o padrão bucal, tendem ao reequilíbrio todos os outros órgãos, sistemas, etc., do paciente.

As consequências disso ainda estão longe de serem dimensionadas no seu todo. A cada dia, novos dados clínicos vêm sendo somados aos já existentes, exigindo cada vez mais pesquisas e observações numa abordagem até multidisciplinar, isto é, a interação com outras ciências como medicina, psicologia, etc., para se analisar e obter novos resultados.
A compreensão da boca como `órgão causa' do todo orgânico nos permite afirmar, de forma quase conclusiva, que muitas doenças não são curadas até hoje porque vêm sendo tratadas em seus processos finais e colaterais, e não em seus processos iniciais e causais.

A Biocibemética Bucal vem ganhando terreno e será, sem dúvida, a Odontologia do terceiro milênio, ensinada nas universidades e praticada pelos profissionais de saúde, porque vê o paciente por um ângulo holístico, global, proporcionando ao profissional e paciente uma possibilidade mais ampla de definições acertadas em seus diagnósticos e receituários.
Finalizando, consideramos a Biocibernética Bucal uma terapia anti-massificante, significando que somos uno, não um coletivo. Precisamos ser nós mesmos, ser gente, pessoas, e não sociedade. Se conseguirmos ser nós mesmos, gente, aí, sim, seremos sociedade.

A Relação da Boca com o Todo Biológico
Através do redimensionamento da boca e da repostura da língua, a Biocibemética Bucal vem resgatar a correta respiração orgânica favorecendo:

1. A autocura de doenças respiratórias como bronquite, asma, rinite, sinusite, pela diminuição da produção de muco, quebrando o círculo vicioso causador dessas doenças.
2. A liberação do fluxo salivar, pela descompressão da língua, favorecendo a autolimpeza bucal, reduzindo o número de cáries, doenças da gengiva, aftas e normalizando o processo digestivo e excretório, aliviando gastrites, úlceras, hemorroidas e outros processos relacionados à bioquímica salivar.
3. A melhoria de quadros de pressão arterial, dores articulares e mais de uma centena e meia de problemas já catalogados desde a década de 60, pela interligação de todos os sistemas orgânicos (circulatório, esquelético, digestivo, etc.) com a oxigenação.

Decodificação Bucal
Através da montagem das relações tempo espaço em que se encontram os dentes de um ser humano, é perfeitamente possível obter muitos dados sobre suas disfunções ou patologias, como ele se comporta em nível de personalidade e relacionamento.
A parte anterior da boca é reflexo mental do indivíduo e a parte posterior, a manifestação destes reflexos.

As hemi-arcadas dos maxilares esquerdos mostram e espelham a cosmovisão afetiva, e as do lado direito a cosmovisão social e de trabalho. Os dentes, por sua vez, cada um representa um conjunto biológico:

1. Incisivos centrais sistema neural e comportamento;
2. Incisivos laterais relacionamento e órgãos do sentido;
3. Caninos sistema circulatório, ataque defesa;
4. Primeiros pré molares órgãos enuctórios e segurança;
5. Segundos pré molares sistema respiratório e estabilidade;
6. Primeiros molares maturidade do sistema digestivo;
7. Segundos molares sistema hormonal e sexo;
8. Terceiros molares complemento da personalidade.

Todos esses estudos são fruto do trabalho de pesquisa dos cirurgiões dentistas biocibernéticos, ainda passíveis de se submeterem às mais rigorosas comprovações clínicas, dentro de critérios estritamente científicos.

O trabalho de conhecer o indivíduo através da decodificação da boca tem como objetivo principal resgatar sua saúde global, e não é uma simples curiosidade, envolvendo todo um procedimento técnico científico realizado por aparelhos móveis de Biocibemética Bucal desenvolvidos para cada caso em especial, sempre valorizando a manutenção dos dentes de leite. Afinal, os dentes de leite servem como uma guia para os dentes permanentes, que por sua vez também devem ser mantidos no contexto bucal a despeito da técnica utilizada, pois hoje já não podemos mais admitir a extração de dentes saudáveis ou recuperáveis.

Distúrbios do Sono
Adultos devem dormir 8 horas em média, crianças até 12 anos de 9 a 11 horas, para que o organismo possa se recompor física e mentalmente e evitar vários problemas, hoje já comprovados, como cansaço, perda de memória, obesidade, envelhecimento precoce, comprometimento do crescimento, entre outros.

A Biocibemética Bucal se preocupa com a qualidade do sono e vem atuando decisivamente na solução de dois dos seus principais distúrbios:
1. Apneia obstrutiva do sono;
2. Bruxismo.

A apneia, que se caracteriza por pequenas paradas respiratórias durante o sono, está associada ao ronco e pode provocar efeitos que vão desde cansaço, sonolência e queda de produtividade, até depressão, derrame e enfarto do miocárdio. E o bruxismo, que é o habito de ranger os dentes durante o sono, é um mecanismo inconsciente de liberação de estresse, que provoca desgaste do esmalte dentário, sono agitado e disfunções da articulação têmporo mandibular.
Através de aparelhos específicos, a Biocibernética Bucal elimina por completo a apnéia, sem a necessidade de máscaras pressurizadoras de oxigênio e impede o bruxismo de maneira definitiva, eliminando o estresse acumulado. Faz também, através da melhoria da respiração, com que a pessoa tenha uma noite de sono realmente repousante, proporcionando saúde física, mental e espiritual, pois saúde não se caracteriza apenas pela ausência de doenças e, sim, por um completo bem estar.

A.T.M. e Suas Disfunções
A.T.M. é a abreviação de Articulação Têmporo Mandibular, local onde o maxilar inferior se encaixa no maciço craniano, originando 90% ou mais das patologias que interagem com o sistema nervoso.

Os sintomas mais comuns das disfunções da A.T.M. são:
1. Ruídos e dores na região ao redor do ouvido;
2. Desvios na linha mediana dos dentes;
3. Zumbidos, tonturas, enxaquecas, dores de cabeça;
4. Problemas funcionais nos sistemas digestivo, respiratório e circulatório;
5. Ansiedade e estresse;
6. Formação de placa bacteriana;
7. Cárie dentária.

Todo estresse acumulado durante o dia se processa fisicamente na A.T.M., fazendo com que o indivíduo esteja constantemente pressurizado, tendo aí, neste complexo articular, a razão para viver ansioso, angustiado e tenso. A Biocibernética Bucal, através de aparelhagens próprias, vem trazendo alivio comprovado a milhares de pessoas, fazendo inicialmente uma correção postural desta articulação e, posteriormente, pela reabilitação oral, a manutenção desta nova memória articular, estabilizando definitivamente o equilíbrio geocêntrico do indivíduo.


Texto: Dr. Luiz Orlando Torloni e D. Silvio Henrique de Andrade
Revista Sexto Sentido - Edição 18 - Janeiro de 2001

COMPLEMENTAÇÃO DA BIOCIBERNÉTICA RAMATIS
A Biocibernética Ramatis adota já há muitos anos o conceito de avaliação da postura dos DENTES INCISIVOS FRONTAIS como informativo do estado de saúde das crianças que nos procuram para atendimento de Biocibernética Ramatis.
Não realizamos qualquer tratamento clínico em nossa atividade. Encaminhamos as crianças necessitadas para especialistas com conhecimento de BIOCIBERNÉTICA BUCAL.
Quando nos foi proporcionado conhecer a dinâmica dos DENTES como verdadeiros FUSÍVEIS do corpo biológico, determinamos em pesquisa a frequência vibratória de cada dente em relação ao conhecimento partônico da energia.

Assim, na visão abaixo pode-se ter esta percepção:

  
  

Maiores informações odontológicas com a Dra. Jussara Santa Maria - tel: (51) 3228 8487 e-mail: jussaradsm@terra.com.br