Florais: Físicos e Astralinos

A terapia através das essências florais foi criada pelo médico inglês Edward Bach, em 1930, baseando seus estudos iniciais nos princípios vitalistas da homeopatia. Bach acreditava que a doença seria a cristalização de uma atitude mental e que bastava tratar essa atitude para a saúde retornar. Também afirmava que a doença “não é material” e “sim energética”, devendo-se então tratar as causas, ou seja, o desequilíbrio energético e não os efeitos que seriam a doença física ou emocional.

A doença é o resultado de um conflito que surge quando a personalidade se recusa a aceitar aos ditames da alma e há desarmonia entre o nosso “eu superior" e a Personalidade ou “eu inferior”. Então, a doença nos é enviada para acelerar a nossa evolução. É o método adotado por nossa própria alma para nos trazer ao caminho da compreensão. A partir daí podemos deduzir que as doenças e as dificuldades vividas podem ser evitadas, desde o momento em que, através da Terapia Floral, passamos a ouvir a voz do nosso “eu espiritual”, entrando assim em harmonia com nossa alma.

A ação dessa terapêutica é agir sobre a energia sutil do ser, fazendo-o compreender as leis do Criador em relação a si mesmo, facilitando o entendimento dos desafios dolorosos muitas vezes vivenciados.

Visa equilibrar as emoções agindo sobre corpo, mente e espírito, objetivando ajudar o ser humano a encontrar a felicidade e obter melhor qualidade de vida. As essências florais são utilizadas como instrumento de harmonização, funcionando como auxiliares eficazes na promoção da saúde.

Embora aprovada pela Organização Mundial de Saúde, a Terapia Floral ainda se encontra em fase de observação e normatização para sua utilização.

No tratamento, é essencial diagnosticar qual é a virtude que o indivíduo está empenhado em aperfeiçoar. Precisamos escolher o floral que tem o poder de ajudar o paciente em sua batalha. Devemos considerar as falhas, fracassos, circunstâncias adversas e as doenças já instaladas no corpo físico de uma pessoa como indicações do bem que ele está procurando desenvolver. O tipo de desequilíbrio indica qual o floral que deverá ser utilizado para restabelecer a saúde. A escolha do floral adequado é feita a partir do relato do próprio necessitado.

FLORAIS ASTRALINOS
Denominamos de "florais astralinos" aquelas doações no corpo de energia do Ser em que o floral físico não é permitido.
Este é um tratamento típico para as crianças até os cinco anos de idade e que estejam em atendimento pelo nosso Núcleo através da Biocibernética Infantil.

OBS: Esta atividade somente poderá ser realizada com Terapeuta com formação plena e que trabalhe junto ao BCR à terça-feira.